Customização em Massa

By 19 Novembro, 2018Sem categoria

CUSTOMIZAÇÃO EM MASSA

É POSSÍVEL NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO?

Miguel Silva
Diretor Técnico
@Effisus Systems & Partners

Fig.1 – Estação de Innsbruck, de Zaha Hadid

As construções tradicionais têm sofrido alterações radicais nas décadas mais recentes. O facto deve-se aos complexos designs arquitetónicos, a um aumento das construções pré-fabricadas, a novas tecnologias e ferramentas digitais inovadoras tais como o uso de diferentes componentes industriais de construção.

As envolventes arquitetónicas contemporâneas são mais complexas, não só na sua morfologia, mas também nos possíveis e diferentes sistemas de construção bem como métodos de aplicação.

Desta forma é necessário uma abordagem diferente, não só durante a fase de conceção, mas também na seleção de materiais e soluções adequadas às exigências de cada projeto individual.

É deste modo evidente que a tradicional produção em massa, que fornece produtos padronizados, não se adequa à maioria dos casos na construção civil.

Em algumas indústrias, a solução foi alcançada com base num novo conceito que é radicalmente diferente e nunca fora usado antes: a Customização em Massa. Em teoria, a Customização significa fornecer produtos adaptados ao utilizador, ou até personalizados, pelo preço igual ou inferior da produção em massa padronizada.

A Customização visa para além de uma melhor eficácia em cada situação criar inovações centradas nas necessidades do utilizador.

Fig.2 – Comparação do custo/volume da Customização em Massa com a Produção em Massa e Padronização

Mudar da Produção em Massa e Padronização para a Customização em Massa não é sempre um processo fácil, e existem exemplos passados de que este movimento impôs custos adicionais para o cliente. Por outro lado, existem exemplos, como as indústrias têxtil e automóvel, com conquistas interessantes em termos de variabilidade de produtos com um pequeno aumento dos preços.

O sucesso está na combinação das exigências do cliente e adaptação à produção industrial tradicional através de materiais inovadores, maquinaria de alta tecnologia e flexibilidade de processos, de forma a reduzir os preços dos produtos.

“A perceção do cliente é a nossa realidade” – Kate Zabriskie

Fig.3 – Criação de Novos Produtos: Produção em Massa vs. Customização em Massa

Nos últimos anos, na temática da impermeabilização de fachadas, a EFFISUS tem desenvolvido uma abordagem semelhante, criando produtos com base nas necessidades dos clientes. Na maior parte dos casos, a solução foi alcançada através de uma combinação flexível de produtos inovadores, máquinas novas ou adaptadas e metodologias diferentes de produção.

Em resposta às exigências dos clientes, foi criada uma variedade de produtos e processos flexíveis em torno de uma membrana de impermeabilização standard. Isto permite ao cliente aumentar a gama de opções de acordo com os requisitos do projeto:

a) Possibilidade de ter a membrana com larguras ilimitadas;
b) Possibilidade de ter a membrana com bandas autocolantes, 1, 2 ou mais;
c) Possibilidade de ter a membrana com vedante (perfil de encaixe) compatível com o perfil atual da janela do cliente;
d) Possibilidade de ter cantos ou peças pré-fabricadas;
e) Possibilidade de ter golas (frames) pré-fabricadas;
f) Possibilidade de ter perfis de vedação customizados;
g) Possibilidade de combinação das soluções supramencionadas;

Complementando o supracitado, foi prestada especial atenção à metodologia de produção, de forma a obter preços e tempos de entrega semelhantes ou melhores quando comparados com solução standard.

A Customização permitiu oferecer ao cliente um produto personalizado e, consequente beneficio das suas vantagens, de acordo com as especificações de cada projeto:

* A solução Ecofacade Profile não pode ser comparada à solução padrão da Membrana. Neste produto, decidiu-se propor um serviço flexível para pequenas quantidades com um melhor prazo de entrega.

Considerando o exemplo acima, e muitos outros exemplos da Indústria da Construção de Edifícios, especialmente das fachadas de edifícios, a Customização em Massa é viável e aumenta as possibilidades no projeto com preços competitivos. Por isso, acreditamos que estas práticas devem ser replicadas e proporcionam um resultado interessante para os clientes.

“Em um serviço feito à medida, ajusta-se o tecido de acordo com o tamanho e o gosto do cliente; não apenas o gosto e a força do Designer.” – Dateme Tamuno

Testemunho de Parceiro

 

 

 

Sr. Ignacio Fernandez
Diretor Associado ARUP | Especialista de Conceção e Tecnologia de Fachadas

“Ao fornecer soluções estanques para várias tipos de construção, claramente um tamanho não serve para todas as tipologias. A customização em massa deve, portanto, ser a regra e não a exceção.

As juntas nas janelas são um bom exemplo de solução personalizada. Por muitos anos houve duas soluções: PVC flexível (um polímero termoplástico) ou EPDM (um polímero elástico). Agora, o leque de opções aumentou para uma lista muito mais longa; cada material tem as suas propriedades específicas: EPDM de borracha celular, EPDM de peróxido, PVC ou EPDM co-extrudido, silicone extrudido, TPE co-extrudido, termoplásticos de extrusão tripla e muito mais. O resultado é um desempenho muito melhor e mais durável.

As membranas pedem uma abordagem semelhante. Novos requisitos como materiais de baixa reação ao fogo são obrigatórios. As membranas devem ser não combustíveis e, ao mesmo tempo, permanecer flexíveis, capazes de vulcanizar ou aderir a outros materiais. Esta não é uma tarefa fácil e requer a personalização completa. A Effisus é uma das marcas em que encontramos parceiros com os quais novas soluções podem ser desenvolvidas para as fachadas complexas de hoje.”

Leave a Reply